Alimentação

O Que Todo Mundo Quer Saber Sobre o Mel

Caixa de abelha com abelhas em volta. Produção de mel Silvestre. O Que Todo Mundo Quer Saber Sobre o Mel

O Que Todo Mundo Quer Saber Sobre o Mel

História do Mel 

A apicultura começou cerca de 4.000 anos atrás com os egípcios. Segundo relatos, a apicultura naquela época era feita colocando as abelhas em potes de barro para que elas pudessem construir suas colmeias, e também para que o trabalho de retirada do produto fosse mais fácil. Mesmo os egípcios serem considerados os primeiros apicultores do mundo, a palavra colmeia é grega (estranho né?). 

No Brasil, os primeiros trabalhos envolvendo abelhas se iniciou no ano de 1839, quando algumas colônias de abelhas foram trazidas da Europa e desembarcadas no Rio de Janeiro. Desde então o trabalho de apicultor vem tomando cada vez mais destaque no país. 

 

 Principais Tipos de Mel 

  • Mel silvestre  
  • Mel de Eucalipto  
  • Mel de Laranjeira 

 O mel é produzido naturalmente pelas abelhas, com a coleta do proveniente da floração das plantas e com as enzimas digestivas se obtém o mel, onde armazenam dentro das colmeias, nos chamados, favos.  

Lembra quando falamos no início do texto que as primeiras abelhas que chegaram no Brasil foram trazidas da Europa? Então, são justamente essas as abelhas que produzem o maior volume de mel encontrado em nosso país. 

As abelhas europeias (Apis Mellifera) são fortemente encontradas na região Sudeste do país, especificamente nos estados de São Paulo e Minas Gerais. Dessa forma dependendo da região e das plantações tem as características próprias no mel, porque é variada pela floração. 

Abordaremos os principais tipos de mel encontrados no mercado, detalhes de cada um e comparar com os outros, Se liga aí: 

1. Mel de Laranjeira 

Proveniente da floração de laranjeiras, com coloração mais clara, com sabor cítrico e um aroma bem suave.  

Entre todos os tipos de mel existentes, o mel de laranjeira é o mais indicado para quem sofre de insônia ou apresenta dificuldades para pegar no sono. Esse também é um mel fortemente indicado para melhorar o funcionamento do intestino humano.  

 

2. Mel de Eucalipto 

O mel da florada de Eucalipto é indicado para quem sofre com dores de garganta, resfriados ou sinusites. Pois esse poderoso mel possui uma ação neutralizante das bactérias que causam esses comuns problemas de saúde. Entre essas bactérias estão: 

Haemophilus influenzae –> responsável pela sinusite 

Klebsiella pneumoniae e Streptococcus pneuminiae –> responsáveis pela pneumonia 

Mycobacterium tuberculosis –> responsável pela tuberculose 

Esse mel não é fraco né, hahaha 

Se você experimentar o mel de laranjeira, e logo após o mel de eucalipto irá notar várias diferenças tanto de gosto, cor e composição. O mel de eucalipto apresenta uma coloração mais escura, cor e viscosidade mais forte, tornando-o praticamente o oposto do mel de laranjeira. 

 

3. Mel Silvestre  

Com o título de mel mais consumido pelos brasileiros, o mel silvestre se diferencia dos outros por um grande detalhe de produção causado pelas abelhas. Como podemos perceber, o mel de laranjeira e o mel de eucalipto recebem esse nome pois a grande maioria das abelhas utiliza as suas flores na hora da produção. Mas quando um mel é denominado como “silvestre”, é porque não se sabe qual foi a principal flor de origem na hora das abelhas o produzirem (inclusive, pode ser o mel de bracatinga). 

Normalmente recomendado como calmante e também recomendado para quem deseja hidratar a pele ou os cabelos. Conta com ações antioxidantes, ajudando no rejuvenescimento da pele e no controle de acnes e rugas.  

Sabe aquelas receitinhas caseiras de hidratação de pele ou cabelos? Pois então, o mel silvestre é um dos ingredientes que pode tranquilamente ser utilizado. Já o seu sabor, cor e viscosidade podem ser comparados ao mel de laranjeira, pois tem sabor suave e coloração mais clara. 

 

Vidro de mel Casa SaBIO 450g com decoração em madeira, favo e flor

Mel orgânico Casa SaBIO

Benefícios e Malefícios do Mel

Como já citado acima, o mel possui vários benefícios para a saúde. Dentre eles: 

  • Antioxidante 
  • Anti-reumático 
  • Diurético 
  • Hidratante 
  • Calmante 
  • Aliviante 

Dentre outros benefícios… 

Mas pouco falam sobre as suas contra indicações, então lá vai! 

O mel é primeiramente contra indicado para pessoas diabéticas, pois como sabemos, o mel nada mais é do que o próprio açúcar. Ou seja, quando ingerimos mel, o nosso índice glicêmico se eleva rapidamente, o que não é nada bom para quem tem essa perigosa doença. 

Outra contra indicação é para os alérgicos e principalmente para os bebês com menos de 1 ano de idade. Pois antes da criança completar 1 ano de idade (ou até mais) seu sistema digestivo ainda não está completamente formado, e o mel pode causar graves intoxicações por causa de algumas bactérias presentes na sua composição. 

 

Alerta sobre Fraudes e Redução da Cadeia de Produção

O Que Todo Mundo Quer Saber Sobre o Mel? Por mais incrível que pareça, a produção de mel e o trabalho de apicultores vem diminuindo ano após ano. Não parece né? Com certeza você conhece um mercado, ou vendedor que sempre tem mel disponível para te vender, a qualquer época do ano. É justamente sobre isso que o time Raeasy quer te dar um alerta. 

Como pode a produção diminuir, enquanto o volume aumenta??? A resposta é simples, adulteração do mel. A adulteração do mel nada mais é do que misturar o mel puro extraído das abelhas, com outros xaropes e componentes que muito pouco conhecemos, tudo isso para aumentar o volume. Essa é uma ação completamente comum no mundo atual, e que prejudica e muito quem consome, e até mesmo quem produz e vende de forma honesta. 

O mel adulterado, por não possuir 100% mel em sua composição, se torna muito mais barato quando comparado ao mel natural. Isso faz com que mais pessoas o comprem acreditando que é um simples mel que está em promoção, quando na realidade é um produto altamente prejudicial para o organismo humano. 

Já existem várias legislações e testes no Brasil e no mundo que visam barrar esse tipo de produção ilegal, mas mesmo assim os produtores conseguem burlar essas leis e comercializar seus produtos adulterados. 

Nosso ALERTA que citamos no começo desse assunto é justamente para isso, como sempre conseguem burlar as leis. seja você o fiscalizador do produto!! Sempre busque saber de onde vem, onde ele foi cultivado, extraído e embalado. Mel não possui misturas, é composto por APENAS 1 ingrediente, o PRÓPRIO MEL. Essa dica, por mais simples que pareça, pode evitar graves problemas no futuro.  

Qual mel encontro na Raeasy?

Dentro da Raeasy você encontra o mel silvestre de três fornecedores diferentes:  

Siga-nos nas redes sociais e fique por dentro das novidades: Instagran e Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

13 + dezoito =